O trabalho voluntário é acima de tudo um ato de amor, respeito, compaixão, justiça e solidariedade. Além de uma nobre causa, traz excelentes oportunidades de capacitação e aprendizado, colocando os conhecimentos aprendidos em prática.

A vivência esperada de um voluntário, gerará noções sobre bem comum. Essas ações são bem recebidas tanto no mercado de trabalho quanto nas universidades. Empatia, colaboração e comunicação são exemplos, e estão entre as habilidades desenvolvidas ao fazer trabalho voluntário.

Sabia que para ser um voluntário você não precisa, necessariamente, vincular-se a uma organização? O princípio da coisa é querer ajudar e, a partir disso, mesmo que sozinho, buscar formas efetivas para fazer sua parte. Você também pode começar seu próprio movimento e mobilizar, seus parentes e amigos, para juntos, ajudarem outras pessoas a terem maior qualidade de vida e oportunidades de terem um amanhã diferente.

Você sabe o que acontece com menos de 12 meses de trabalho voluntário?

• 78% afirmam que seus níveis de estresse diminuíram
• 94% afirmam que ser voluntário melhorou o humor
• 95% acreditam que estão transformando a sua comunidade em um lugar melhor!
• 96% disseram que o trabalho voluntário enriqueceu seu propósito de vida!

Ler para idosos ou crianças, ser professor de alfabetização ou reforço para crianças e adultos, doar roupas, livros, brinquedos a creches e escolas e para moradores de ruas, realizar arrecadação de alimentos para os mais necessitados. São alguns dos milhares de exemplos de trabalhos voluntários que podemos fazer.

Esta corrente do bem ajuda que as pessoas voltem a ter sua cidadania e seus direitos respeitados e, com isso, possam resgatar a autoconfiança, alegria, automotivação e também seu amor-próprio. Assim, quanto mais ouvidas, amadas e respeitadas, mais os indivíduos, que recebem auxílio, se sentem empoderados a seguir em frente e conquistar seus sonhos.

Aqui no grupo Mãos Estendidas, nossa única exigência é que o voluntário seja aquele que quer fazer a diferença no mundo! Venha fazer parte dessa corrente!

Agora veja os 5 Passos para começar a fazer um trabalho voluntário